Seca na Região Sudeste, culpa da Infraestrutura, segundo especialista.

nao_aguaEssa semana vimos nos noticiários que além de São Paulo, o Rio de Janeiro e Minas Gerais também está sofrendo com a crise hídrica em seus reservatórios, mas segundo o especialista e professor da Unesp (Universidade Estadual Paulista) Jefferson Nascimento de Oliveira, disse ao Jornal Metro, que isso é um problema grave de infraestrutura, que acabou deixando todos refém do clima.

Realmente, o professor tem razão, a população cresceu, e os reservatórios continuaram na mesma capacidade, e com isso agora, o governo quer onerar a população, no caso de São Paulo, por causa da eleição o Governador de São Paulo, do PSDB não assumia a situação crítica e dizia que não estávamos passando por esse problema.

Hoje a cada dia vemos que o nível do Sistema Cantareira, o maior reservatório de São Paulo só diminui, mesmo com as chuvas, o nível continua caindo, hoje chegamos à 5,2%, segundo informações da Sabesp (Saneamento Básico do Estado de São Paulo), e faz tempo que já estão usando o volume morto, e com isso já estão matando a população.

E agora o Rio de Janeiro, já anunciou que também irá usar o volume morto do Reservatório de Paraibuna, e o secretário estadual do Rio de Janeiro, André Corrêa pediu para a população economizar água, pois segundo ele, o volume morto consegue abastecer a população por 6 meses, e como aconteceu em São Paulo, com todo o problema, ainda diz que não há motivo de desespero.

O Governador de São Paulo Geraldo Alkimin (PSDB), também dizia que a população não precisava se preocupar com a seca em São Paulo, hoje, existe multa para quem consome água, para conseguir fazer a população economizar água,mas quem paga a multa da água que é perdida pelas tubulações de distribuição. Segundo reportagem da Rede Globo, da jornalista Patrícia Taufer, a região sudeste tem 32,2% de desperdício, e ainda durante a reportagem mostrou um vazamento no município de Suzano, na Grande São Paulo, e em Realengo no Rio de Janeiro.

Já em Minas Gerais, o site Jornal da Mídia, diz que os governos tucanos que governaram o estado (Aécio Neves e Antonio Anastasia) esconderam a eminência de uma crise crise hídrica tão grave quanto a de São Paulo, e que a Copasa (estatal que cuida do saneamento de Minas) não divulga os níveis de seus reservatórios. Será que isso é problema de tucano?

Até quando vamos ficar ouvindo picuinhas e não resolvem o problema? Será que vão continuar dizendo que o problema não é tão grave assim?

Créditos:

Jornal Metro
Rede Globo (Jornal Hoje) edição de 21/01/2015
Rede Globo (Jornal Hoje) edição de 22/01/2015
Jornal da Mídia 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s