Últimos Remorsos antes do Esquecimento

Ultimos remorsos Antes do EsquecimentoSob a direção de Ivan Sugahara, o elenco conta com Cristina Flores, José Karini, Letícia Isnard, Nara Parolini, Remo Trajano e Saulo Rodrigues. A cia. Os dezequilibrados apresenta novamente o texto do francês Jean-Luc Lagarce, encenado pelo grupo em 2007.

 A peça conta a história de Heléne, Paul e Pierre, antigos amantes, que se reencontram depois de anos para resolver o problema de uma casa que tinham comprado juntos. A ação passa-se nos dias de hoje, no campo, na casa onde no passado viveram e onde Pierre continua a viver. Os três formavam um triângulo amoroso. Acompanhados de Anne, mulher de Paul; Antoine, marido de Hélène; e Lise, filha de Antoine e Hélène; eles reencontram-se após um longo tempo. Esse é o ponto de partida para acertos de contas, mal entendidos, recordações nostálgicas e para encarar o presente. Como cada um negociou a passagem difícil das ilusões da juventude para os compromissos da idade adulta? Como se deve partilhar os bens? Como se partilha a herança de um passado morto? O que resta da utopia da juventude?

 O texto impõe rigor e simplicidade para a sua representação. A montagem dá continuidade a uma linha de pesquisa da cia. Os dezequilibrados que tem como foco o trabalho dos atores e uma relação de intimidade entre a cena e o público. Os principais alicerces do espetáculo são os elementos teatrais básicos: texto, ator e espectador. O despojamento em termos de cenário é uma opção no sentido de procurar criar essa cena voltada para a humanidade da representação.

 A escolha de encenar, em palco brasileiro, a sua tradução para português de Portugal (por Alexandra Moreira da Silva), se deve à busca de evidenciar as fissuras no modelo realista provocadas por sua intrincada construção dramatúrgica. De tal modo que o sotaque brasileiro para a palavra portuguesa se configure como um estilo de linguagem que reforça não apenas a estranheza e a fragmentação do texto, mas também o jogo teatral estabelecido pelo despojamento cenográfico.

 Jean-Luc Lagarce é atualmente o autor contemporâneo francês mais encenado no mundo e o segundo autor mais montado na frança. Mas apesar da intensa repercussão da sua dramaturgia no exterior, começou há pouco a ser conhecido pelos brasileiros. O texto “Últimos Remorsos Antes do Esquecimento” era inédito no Brasil e a sua encenação pela cia. Os dezequilibrados foi a primeira montagem carioca de um texto de Lagarce.

 O espetáculo estreou no Rio de Janeiro em 2007, ficando em cartaz no Espaço SESC; integrou a mostra comemorativa de dez anos do grupo – Os dezequilibrados em Repertório – realizada no Teatro do Jockey; foi apresentado em Florianópolis pelo projeto Palco Giratório do SESC; e participou da Mostra Lagarce, realizada no Rio de Janeiro pela Cia. dos Atores. Também sob a direção de Ivan Sugahara, o elenco contava com Cristina Flores, José Karini, Letícia Isnard, Bianca Comparato, Matheus Solano e Saulo Rodrigues.  Em 2013, a nova montagem inaugurou o Teatro da “Sede das Cias”, espaço onde o grupo mantém sua residência.

SERVIÇO

Temporada: de 11 de outubro as 03 de novembro
Local: Espaço CIT-Ecum (Rua da Consolação, 1623 – Consolação)
Informações: (11) 3255-5922 /  bilheteria@citecum.com.br

Horário: sábado, às 19h, domingo, às 20h
Ingresso: R$40,00

Bilheteria: duas horas antes do espetáculo

Duração: 70 minutos
Capacidade: 134 lugares

Gênero: Drama

Classificação Etária: 14 anos

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s